Este slideshow necessita de JavaScript.

A população conhecida no ocidente pelo nome genérico “tuaregue” encontra-se atualmente espalhada em grande parte do Saara e no Sahel, faixa semi-árida ao sul do deserto. Vivem nas atuais repúblicas da Argélia, Níger, Mali e Burkina Fasso e no reino do Marrocos. Os tuaregue (sing. targui) são parte do grande grupo Amazigh (ou Berbere) que vivia no norte da África antes da chegada dos árabes a esta região no século VII. Convertidos ao Islã, até hoje os tuaregue são os mestres do deserto, criadores de camelos e caravaneiros. Sua habilidade para cruzar o Saara garante há séculos a ligação comercial e o trânsito cultural entre o Magrebe e os grandes centros difusores ao sul do deserto, como as cidades históricas de Tombuctu, no Mali, ou Agadez, no Níger. Divididos em subgrupos, os tuaregue compartilham a língua tamasheq e a escrita tifinagh. Sua cultura material é marcada pelos desenhos geométricos. A prata, tida como “abençoada pelo Profeta”, é o metal mais apreciado pelos tuaregue. Seus exímios artesãos, utilizando técnicas simples como a moldagem pelo método da cera perdida, criam objetos e adereços refinados. O acabamento é feito manualmente, por cinzelagem e gravação. O couro é também trabalhado com maestria pelos tuaregue, sendo essa atividade exercida por homens e mulheres.  O entalhe em madeira e os bordados apresentam os mesmos detalhes geométricos utilizados nas demais técnicas artesanais.

Ref: Casa Das Áfricas

Colaboração de nosso prezado amigo Carlos Souza (RJ-Brasil)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s